Conheça alguns dos lugares mais coloridos do mundo

A cor das casas e edifícios, nas ruas onde transitamos, faz toda a diferença na estética de um local, além de fazer parte da história de cidades e regiões inteiras. Alguns dos locais mais coloridos do mundo tem motivos bastante curiosos por trás de tanta tinta. 

O site Curbed listou algumas das cidades e vilarejos mais alegres, visualmente falando. E hoje, aqui no Blog Veneza, separamos 10 dos principais lugares para você conhecer. Confira:

Morro de Santa Marta, Rio de Janeiro

A menção brasileira da lista de lugares mais coloridos do mundo é a favela do Morro de Santa Marta, localizado no Rio de Janeiro. Os extensos murais coloridos do morro carioca cobrem muitos metros quadrados. Tudo isso é resultado de projetos da ONG Favela Painting Foundation, que pinta incontáveis cantos pelo Brasil e pelo mundo, desde 2005, com muita cor e alegria. 

Burano, Itália

A tradição da ilha de Burano, na Itália, pede que todos os moradores pintem suas casas a cada 2 anos. Assim, as cores permanecem sempre vivas, alegrando os pescadores que chegam à cidade. Parte da tradição consiste em delimitar a divisão das casas com cores diferentes.

Curaçao, Caribe

O Caribe, por si só, já é conhecido pelas cores vibrantes de sua natureza. Mas Curaçao é uma ilha que talvez você não conheça ainda, localizada nas Pequenas Antilhas.

Alguns antigos moradores contam que, no começo do séc. XIX, o governador Albert Kikkert sofria de fortes dores de cabeça pioradas pelo reflexo da luz do sol nos edifícios brancos da cidade. Por esse motivo, emitiu um decreto que exigia a pintura de todas as construções da ilha com cores que não fossem o branco. Desde então, as casas tem suas paredes pintadas com um leque variado de cores pastel.

Sighisoara, Romênia

A cidade de Sighisoara não é considerada muito turística em seu país. No entanto, fica localizada na região histórica da Transilvânia e é agraciada por inúmeros edifícios coloridos! Esta cidade medieval ainda conta com belas ruas tradicionais de paralelepípedo que complementam a paisagem.

Little India, Cingapura

Este bairro indiano de Cingapura é um dos mais coloridos, no país. Tanto as construções quanto as estátuas de divindades hindus são embelezadas pelas cores vibrantes, tornando-se verdadeiras atrações para os turistas. Os templos lá localizados também não deixam a desejar em vitalidade e alegria.

San Juan Antiga, Porto Rico

A capital da ilha de Porto Rico, San Juan, guarda belas paisagens em sua parte histórica – a San Juan Antiga. Por lá, os edifícios são visuais tranquilos e fotogênicos, com o adicional das ruas de paralelepípedos. Quando as cores das casas se juntam à vista beira-mar, tudo se transforma.

St. John’s, Canadá

No fim da década de 70, um projeto de revitalização das casas de estilo vitoriano de St. John’s pintou suas paredes com cores chamativas. Os demais moradores locais acataram à ideia e, até hoje, a cidade possui construções pintadas em vermelho, azul e verdes. As cores vibrantes certamente dão destaque às casas dessa pequena cidade costeira da Ilha de Terra Nova!

Chefchaouen, Marrocos

Também conhecido como a “cidade azul”, o município de Chefchaouen, na região norte do Marrocos, chama a atenção dos curiosos nas redes sociais por suas ruas predominantemente azuis. Lá, os edifícios históricos levam a cor ciano nas paredes, e os motivos variam muito, de acordo com os cidadãos.

Enquanto alguns dizem que se deve ao combate de mosquitos, outros defendem uma razão histórica – antigamente, quando os judeus fugiam da Inquisição espanhola,os moradores pintavam suas casas de azul para simbolizar o céu.

Bo Kaap, Cidade do Cabo

Este bairro da capital sul africana, além de apresentar diferentes arquiteturas em suas construções, é também centro de cores vibrantes e ruas tradicionais de paralelepípedo. Além de ser uma das áreas residenciais mais antigas da cidade, o bairro a coloca entre as cidades mais coloridas do mundo.

Jaipur, Índia

Enquanto nos Marrocos há a cidade azul, na Índia existe a cidade majoritariamente cor-de-rosa! Jaipur, de história imperialista, foi toda pintada em tons de rosa e terracota em 1876, pelo rei Sawai Ram Singh. Isso porque, na época, a visita do príncipe Albert e da rainha Victoria, que chegavam ao país, era motivo de celebração.

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

Veja mais

Posts relacionados

Faça você mesmo

Você está esperando o momento de conseguir realizar o sonho da casa própria para fazer a decoração dos seus sonhos, ter aquela parede com a

Comprar ou alugar um imóvel?

Antes de qualquer lista de vantagens, desvantagens e condições dentro das opções de comprar ou alugar é preciso que você considere alguns pontos importantes e