Enviando email...
Os imóveis de Londrina e região estão aqui
Como ser um bom locador: entenda as principais orientações sobre locação

Como ser um bom locador: entenda as principais orientações sobre locação

15/03/2020

 

Morar em imóvel alugado tem lá suas restrições, quando o assunto é modificações. No entanto, se engana quem pensa que o inquilino não tem direito a nada além de um apartamento ou casa sem presença. É importante que o morador saiba respeitar certos cuidados sem deixar de lembrar do acordo entre ele e o locador e a imobiliária.

Estes cuidados estão, principalmente, ligados à integridade e preservação dos cômodos e outros bens materiais dos imóveis. Fique ligado nas dicas da Veneza e seja um locador exemplar:

1- Não faça reformas por conta própria

 

A pia da cozinha está vazando? Uma tomada está com defeito? Por mais fácil que sejam os reparos necessários, evite fazê-los por conta própria. É importante entrar em contato com a imobiliária para que o proprietário seja notificado. Somente após esse procedimento é que o locador decidirá como e por quem a reforma necessária será feita.

2- Solicite permissão para pinturas

 

Uma das práticas mais executadas pelos inquilinos, pintar as paredes de um imóvel alugado pode gerar problemas futuros de vistoria. As cores mais escuras, por exemplo, podem não ser totalmente encobertas.

O ideal é solicitar permissão ao proprietário, antes que seja feita qualquer mudança de cor permanente. Portanto, não é recomendado pintar portas, armários, paredes ou qualquer outra parte integrante do apê/casa sem antes pedir ao locador. Afinal, ele detém direitos sobre o imóvel que está em seu nome.

3- Respeite os acordos de locação

 

Ao assinar o contrato, leia atentamente os termos e cláusulas contidos nele. Certifique-se de que compreendeu todos os pontos e, em caso de dúvida, a imobiliária está à disposição para esclarecê-la.

Práticas que geralmente são proibidas, como sublocar sem permissão, podem gerar multas por violar o acordo. Consulte sempre os termos do contrato e não se esqueça de pedir autorização para troca de revestimentos, instalação de ar condicionado, entre outras modificações.

4- Tome cuidado com os animais de estimação

 

Atualmente, é juridicamente ilegal proibir animais de estimação em condomínios. Contudo, o regimento de cada prédio, por exemplo, deve possuir regras específicas para os bichinhos. As normas tem o papel de restringir áreas de circulação permitidas, uso de elevadores, passeio com coleiras, etc.

No caso de imóveis alugados, tire todas as dúvidas com o síndico, evitando problemas no contato com seu pet. Respeitar as orientações de cada lugar é essencial para, antes de tudo, ter um bom convívio com os vizinhos.

5- Comunique-se

 

Para todos os efeitos, estar sempre em contato com o locador é crucial. Permissões e avisos se dão nesse diálogo promovido pela imobiliária. Não é a toa que a falta de comunicação é o motivo número 1 de impasses ao fim do contrato.

 

Desta forma, fica nítida a importância da mediação da imobiliária na relação locador-locatário. A Veneza Imóveis está à disposição de seus clientes em qualquer momento da locação. Entre em contato com seu corretor!

oi
Imprimir
Categorias: Dicas

Deixe um comentário

Nome:
Email:
Comentar:
Adicionar comentário

Name:
Email:
Subject:
Message:
x